Cloud Computing

Pode ser chamada de computação em nuvem, cloud computing ou simplesmente de nuvem ou cloud

O que é cloud computing?

A cloud computing, ou computação em nuvem é um serviço de computação baseado na internet na qual é sintetizada pelo poder de utilizar recursos de TI sob demanda de computação, armazenamento de dados, redes e de aplicações em ambientes compartilhados de maneira integrada através da internet, em qualquer lugar e independente de plataforma, sem ter que investir em equipamentos.

Na cloud a definição de preço é pelo uso, paga pelo que consome. O benefício dessa abordagem não é apenas a redução dos custos com servidores locais, a cloud é uma maneira dinâmica de se ajustar às necessidades de recursos de TI ao seu negócio de maneira simples, segura e econômica.

Como funciona a cloud?

Diferente dos modelos comuns, a nuvem é composta por uma série de servidores que representam um amplo dispositivo de armazenamento e processamento de dados, permintindo total elasticidade em todos os seus recursos fornecidos.

Você consegue alocar os recursos desses servidores interligados para sua utilização, ajustando sob demanda a capacidade de processameto, espaço, memória e banda. Isso tudo sem precisar reinstalar nada e sem perder tempo.

O que é Cloud?

Para que serve?

Usando a computação em nuvem, as organizações podem usar recursos compartilhados de computação e armazenamento, em vez de criar, operar e melhorar a infraestrutura por conta própria.

É um modelo que permite os seguintes recursos:

  • Os usuários podem provisionar e liberar recursos sob demanda.
  • Os recursos podem ser redimensionados para cima ou para baixo automaticamente, dependendo da carga.
  • Os recursos são acessíveis em uma rede com segurança adequada.
  • Os provedores de serviços em nuvem podem ativar um modelo de pagamento conforme o uso, em que os clientes são cobrados com base no tipo de recursos e por uso.

Quais as vantagens?

Aqui está uma lista de algumas das vantagens mais importantes que a cloud computing oferece:

  • Econômia de custo - Construir nossos próprios servidores e ferramentas é demorado e caro, pois precisamos solicitar, pagar, instalar e configurar hardware caro, muito antes de precisarmos dele. No entanto, usando a cloud, pagamos apenas pelo valor que usamos e quando usamos os recursos de computação. Dessa maneira, a computação em nuvem é econômica.
  • Escalabilidade - Uma das grandes vantagens é a elasticidade, onde você pode aumentar e diminuir a capacidade da sua máquina de forma simples com apenas alguns cliques. A cloud computing então se tornou atrativa. Ela não nasceu para resolver o problema da sazonalidade de acessos ou picos de acessos, mas encaixou de ser essa a maior atratividade.
  • Agilidade e Inovação - Possibilita a inovação com mais agilidade, você pode disponibilizar recursos de TI de form rápida e conforme a necessidade com baixo custo, implantando vários servidores em alguns instantes.
  • Confiabilidade - Fornece muito mais serviços gerenciados, confiáveis ​​e consistentes do que uma infraestrutura de TI interna (on premises). Garante 24x7 e 365 dias de serviço. Se algum servidor falhar, os aplicativos e serviços hospedados poderão ser facilmente transferidos para qualquer um dos servidores disponíveis.
  • Armazenamento ilimitado - Fornece capacidade de armazenamento quase ilimitada, ou seja, não precisa se preocupar em ficar sem espaço de armazenamento ou aumentar disponibilidade atual de espaço de armazenamento.
  • Backup e recuperação - Armazenar dados na nuvem, fazer backup e restaurar os mesmos é relativamente mais fácil do que armazená-los em um dispositivo físico. Os provedores de serviços cloud também possuem tecnologia suficiente para recuperação de dados, portanto, há a conveniência de recuperar os dados a qualquer momento.
  • Acesso fácil às informações - Depois de migrar para a nuvem, você pode ter acesso de qualquer lugar do mundo, desde que haja conexão com a Internet. Existem vários recursos de armazenamento e segurança que variam de acordo com o tipo de nuvem escolhida.

Tipos de cloud computing

Nuvem pública

Na nuvem pública (public cloud), os provedores de serviços terceirizados disponibilizam recursos e serviços para seus clientes via internet. Os dados do cliente e a segurança relacionada estão na infraestrutura de propriedade dos provedores de serviços. No momento, os principais provedores de nuvem são Amazon AWS, Microsoft Azure e Google Cloud Platform.

Nuvem Privada

Uma nuvem privada (private cloud) também fornece recursos quase semelhantes aos da nuvem pública, mas os dados e serviços são gerenciados pela organização ou por terceiros apenas para a organização do cliente. Nesse tipo de nuvem, o controle principal é sobre a infraestrutura, minimizando os problemas relacionados à segurança.

Nuvem Híbrida

Uma nuvem híbrida (hybrid cloud) é a combinação de nuvem pública e privada, mas não necessariamente de fornecedores diferentes. A decisão de executar em nuvem pública ou privada geralmente depende de vários parâmetros, como sensibilidade de dados e aplicativos, certificações do setor e padrões, regulamentos, etc.

Modelos de serviços

IaaS - Infrastructure as a Service

IaaS significa Infraestrutura como Serviço. Ele fornece aos usuários a capacidade de provisionar processamento, armazenamento e conectividade de rede sob demanda. Usando esse modelo de serviço, os clientes podem desenvolver seus próprios aplicativos nesses recursos.

Os principais provedores de IaaS no mundo são: Amazon Web Services; Microsoft; Alibaba e Google.

PaaS - Platform as a Service

PaaS significa Plataforma como Serviço. Aqui, o provedor de serviços fornece vários serviços, como bancos de dados, filas, mecanismos de fluxo de trabalho, e-mails etc. aos seus clientes. O cliente pode usar esses componentes para criar seus próprios aplicativos. Os serviços, a disponibilidade de recursos e o backup de dados são gerenciados pelo provedor de serviços, ajudando os clientes a se concentrarem mais na funcionalidade de seus aplicativos.

Exemplos deste tipo de serviço: Google App Engine; Heroku; RedHat OpenShift; Microsoft Azure Cloud Services; Tsuru e etc.

SaaS - Software as a Service

SaaS significa Software como Serviço. Como o nome sugere, aqui os fornecedores terceirizados fornecem aplicativos de usuário final a seus clientes com alguns recursos administrativos no nível do aplicativo, como a capacidade de criar e gerenciar seus usuários. Também é possível algum nível de personalização, como os clientes podem usar seus próprios logotipos corporativos, cores etc.

Exemplos deste tipo de serviço: ERP; CRM; Google Docs; Linkedin; Skype; Facebook e etc.

Multicloud

Multicloud é o uso de mais de um provedor de serviços cloud em um ambiente de TI, em vez de depender de um único fornecedor desses serviços (lock-in). O ambiente multicloud normalmente usa dois ou mais fornecedores de nuvem pública (AWS, Azure, Google entre outros), também podem incluir uma nuvem privada, que inclui tecnologia cloud no data center de uma empresa.

A transformação digital do negócio requer a disponibilidade de arquiteturas de TI flexíveis, escaláveis ​​e confiáveis, capazes de suportar os aplicativos mais inovadores e com as melhores relações custo-benefício. É por isso que mais e mais empresas estão decidindo utilizar estratégias de multicloud.

Vamos Conversar