Armazenamento na nuvem

Serviços de armazenamento nas nuvens (cloud storage), entenda qual tipo de armazenamento que seu negócio precisa.

Armazenamento em nuvem para empresas

Embora a grande maioria dos dados corporativos ainda sejam armazenados no localmente, as empresas estão se tornando muito mais confortáveis e confiantes ​​com a ideia de armazenamento em nuvem.

Mas, conforme o armazenamento em nuvem se torna mais comum, as empresas enfrentam um desafio: escolher o serviço de armazenamento em nuvem mais aderente a suas necessidades.

O mercado ficou competitivo com os principais provedores de nuvem pública lançando uma ampla gama de diferentes serviços de armazenamento e uma longa lista de empresas menores que oferecem serviços de nuvem especializados. Para os gestores de TI encontrarem a solução de armazenamento corporativo correto, se tornou mais difícil.

Tipos de armazenamento em nuvem

A primeira coisa que você precisa saber ao decidir sobre um provedor de armazenamento em nuvem é o tipo de armazenamento que você precisa. Algumas das categorias mais populares de armazenamento em nuvem são as seguintes:

  • Compartilhamento corporativo de arquivos – também conhecido como “sincronização e compartilhamento de arquivos”, esse tipo de serviço funciona de forma muito semelhante ao disco rígido local de um PC, exceto pelo fato de armazenar arquivos na nuvem, onde podem ser acessados ​​de qualquer dispositivo. O exemplo mais conhecido desse tipo de serviço é o Dropbox e Onedrive, embora muitas outras empresas com serviços semelhantes;
  • Backup em nuvem – muitas vezes, a primeira experiência das empresas com armazenamento em nuvem envolve um serviço de backup em nuvem, e esses serviços tendem a estar entre os de armazenamento em nuvem de menor custo disponível. Eles replicam o armazenamento existente de uma organização na nuvem para que esteja disponível em caso de interrupção, exclusão acidental de arquivo ou situação de desastre;
  • Arquivos – outro serviço de armazenamento em nuvem muito barato é o armazenamento de arquivo. Semelhante ao backup, esses serviços são projetados para armazenar dados frios que a empresa espera acessar raramente, ou nunca. Em geral, os dados arquivados são mantidos apenas para cumprir os regulamentos ou para fornecer registros históricos para uso da empresa. Algumas empresas guardam dados por até 20 anos;
  • Armazenamento de objeto, bloco e arquivos – para armazenamento primário, muitos fornecedores de nuvem oferecem uma variedade de serviços com armazenamento de objeto, bloco ou arquivo. O tipo de armazenamento que um cliente precisa dependerá do aplicativo e do caso de uso. Na nuvem, o armazenamento de objetos tende a ser muito popular devido à sua escalabilidade, mas o armazenamento em blocos é muito útil, pois separa os blocos com a intenção de dissociar os dados do ambiente, permitindo que seja acessado de vários caminhos diferentes por vários ambientes;
  • Data Warehouse – além do armazenamento bruto, muitos fornecedores de nuvem oferecem a opção de armazenar dados em um data warehouse ou banco de dados. Os serviços de data warehouse baseados em nuvem são particularmente úteis quando as organizações planejam usar uma solução de business intelligence (BI) baseada em nuvem e alto escalável com demanda de altos processamentos destes dados;
  • Data Lake – é para empresas que têm muitos dados não estruturados que não se encaixam perfeitamente em um data warehouse. Esses data lakes geralmente são baseados na tecnologia Hadoop que facilita os dados a serem encontrados e as empresas os usam com ferramentas de análise de big data;
  • Armazenamento em nuvem híbrida – muitas empresas têm alguns dados que não podem mover para a nuvem pública, geralmente por questões de segurança ou conformidade. Nesses casos, eles podem optar por configurar uma solução de armazenamento híbrido com alguns dados armazenados em suas próprias nuvens privadas e alguns armazenados na nuvem pública. Muitos fornecedores também oferecem gateways, serviços ou ferramentas de gerenciamento que visam facilitar a implantação e o gerenciamento do armazenamento em nuvem híbrida.

Preço de armazenamento em nuvem, quanto custa?

Mesmo que o provedor de armazenamento em nuvem não tenha o preço tão atrativo algumas vezes , o preço do armazenamento ainda é muito mais barato do que ter que comprar hardware físico (servidor on-premises) que ficam em uma sala de sua empresa.

Se você decidir usar um serviço de armazenamento em nuvem, deve estar ciente de que o custo do armazenamento pode ser extremamente difícil de prever devido ao seu fácil e rápido crescimento

Embora os gráficos de preços frequentemente listem um preço definido por gigabyte de armazenado por mês, as empresas de armazenamento em nuvem possuem uma variedade de cobranças extras para recursos adicionais, serviços ou acesso e migração de dados.

Para complicar as coisas, cada fornecedor calcula os preços de uma forma diferente, dificultando a comparação.

Os fatores que influenciam no preço do armazenamento são:

  • Tipo de armazenamento – A maioria dos fornecedores de armazenamento em nuvem tem preços diferentes para cada um de seus serviços de armazenamento. Por exemplo, o armazenamento de arquivamento e backup geralmente custam menos do que o armazenamento de bloco primário ou objeto;
  • Capacidade de armazenamento – a quantidade de dados que você está armazenando pode afetar seu custo de duas maneiras diferentes. Em primeiro lugar, a maioria dos fornecedores cobra uma taxa de armazenamento por gigabyte, de modo que os preços aumentam à medida que você armazena mais dados. Alguns também têm preços de armazenamento em camadas, com preços que diminuem à medida que você armazena mais dados. Em outras palavras, os primeiros 50 TB armazenados podem custar mais por gigabyte do que os segundos 50 TB armazenados;
  • Camadas gratuitas – muitos provedores de armazenamento em nuvem permitem que os usuários usem uma determinada quantidade de armazenamento por mês sem nenhum custo. Às vezes, esses programas de avaliação gratuita terminam depois de alguns meses ou um ano; outros continuam enquanto você for um cliente. É uma forma de degustação para testar o armazenamento em nuvem, mas lembre são quantidades muito pequenas de testes, apenas para você testar as funcionalidades e conexões;
  • Meio de armazenamento – alguns (mas não todos) fornecedores oferecem aos clientes a opção de escolher armazenamento baseado em disco (HDD) ou flash (SSD). Em geral, o flash é mais caro, mas oferece melhor desempenho. Além das opções de discos existem as opções de acessos, se você precisa ter este dado acessado com frequência, com menos frequência ou apenas como archiving. O que muda de um para outro é o tempo de acesso dos arquivos que podem ser de minutos ou horas;
  • SLAs de disponibilidade – os fornecedores garantem um certo nível de tempo de atividade para os diferentes serviços de armazenamento em nuvem que oferecem. Por exemplo, algum armazenamento em nuvem pode ter uma garantia de disponibilidade de 99,99%, enquanto outros têm uma garantia de disponibilidade de 99,9% e outros ainda podem não ter nenhuma garantia de disponibilidade. É responsabilidade do cliente garantir que seu contrato de nível de serviço (SLA) atenda às suas necessidades, portanto, leia-o com atenção;
  • Frequência de acesso aos dados – em geral, quanto mais você acessa seus dados, maiores serão os custos de armazenamento em nuvem. Alguns fornecedores permitem que os clientes escolham serviços de armazenamento “quentes” ou “frios“, enquanto outros atribuem dados automaticamente ao nível apropriado com base na frequência de acesso;
  • Taxas de recuperação de dados – alguns fornecedores cobram taxas adicionais para solicitações de acesso a dados, como solicitações de “Get” ou “Put“. Em geral, essas taxas são cobradas a cada 1.000 solicitações;
  • Taxas de transferência de dados – mover seus dados para dentro e para fora do serviço de armazenamento em nuvem também incorre em uma taxa. As transferências diárias normais que acontecem com o uso normal de aplicativos provavelmente resultarão em taxas mínimas (se houver), mas mover grandes volumes de dados para dentro ou para fora da nuvem pode resultar em cobranças significativas. Isso é algo a se considerar ao avaliar o potencial de dependência do fornecedor com um determinado provedor de armazenamento em nuvem. Hoje por exemplo a maioria dos provedores cobram apenas a saída dos dados;
  • Localização do data center – grandes fornecedores de nuvem pública com várias regiões e data centers diferentes podem cobrar taxas de armazenamento diferentes em data centers diferentes. Em alguns casos, todas as várias taxas e encargos adicionais podem variar de um local para outro, portanto, certifique-se de entender qual data center você usará e como isso afeta seus custos mensais;
  • Gerenciamento de armazenamento e outro software – os fornecedores também podem adicionar taxas adicionais para qualquer software especial de gerenciamento de armazenamento ou outros recursos complementares exclusivos que eles oferecem. Conforme o mercado amadurece, as opções de armazenamento em nuvem disponíveis continuam a se multiplicar, então os clientes precisam ter certeza de que sabem exatamente o que estão usando e quais serão os encargos relacionados;
  • Custos de suporte adicionais – às vezes, as empresas também optam por adquirir assinaturas de suporte para que possam obter uma resposta rápida a quaisquer problemas que surjam. Isso também aumenta o custo total de armazenamento.

Pode ser muito difícil entender todas essas taxas e cobranças. Os provedores de armazenamento em nuvem oferecem ferramentas de estimativa de custos que podem ser úteis, mas algumas empresas preferem optar por um parceiro de serviços em nuvem, como a Mandic.

Provedores de armazenamento em nuvem

Dezenas de provedores diferentes oferecem serviços de armazenamento em nuvem e portfólios muito diversos, e alguns dos mais conhecidos estão listados abaixo:

  • Amazon Web Services (AWS)
  • Microsoft Azure
  • Google Cloud (GCP)

Comparativo dos serviços de armazenamento por provedor

Comparativo dos serviços de armazenamento na nuvem

Fale com o Comercial

Os Arquitetos de Soluções em Cloud Computing estão aguardando seu contato para auxiliar sua empresa a obter o máximo de benefícios da tecnologia de Computação em Nuvem, com uma proposta comercial adequada para o seu segmento de negócio! Preencha o formulário a seguir e receba o contato de um Especialista Mandic.
Canal Exclusivo para contratação de Serviços de Nuvem.
Sou cliente e preciso de ajuda clique aqui.
Para sugestões, dúvidas e Reclamações clique aqui. .
Utilize o campo de mensagem para descrever suas dúvidas.
ATENÇÃO!

1) Dúvidas técnicas e de cobrança NÃO SERÃO respondidas nesse canal.

2) Acesse a nossa Wiki ou abra um Chamado

3) Sempre utilize os canais oficiais:
 ou 

Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Ao enviar este formulário, você concorda com nossas Políticas de Privacidade e que os dados coletadas podem ser processados e armazenadas para que nós possamos atendê-los de acordo. Por favor, verifique nossa Política de Privacidade para mais detalhes.

Gerenciamento de Soluções Cloud